(11) 4524-2298
Zelensky acusa Rússia de uso de bombas de fósforo

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, acusou nesta quarta-feira (13) a Rússia de ter usado bombas de fósforo branco, proibidas por uma convenção da Organização das Nações Unidas (ONU). As bombas de fósforo são proibidas no mundo inteiro pela Convenção de Armas Químicas, de 1997. A munição, segundo a Human Rights Watch, pode causar corrosão dos ossos, ardência interna e queimaduras em seres humanos.

Na terça-feira (12), autoridades ucranianas já avisaram que investigam o uso de bombas de fósforo em um ataque no fim de semana em Mariupol, a cidade do sul do país cujo controle a Ucrânia teme perder. Ainda segundo Zelensky, que fez a acusação durante discurso no parlamento da Estônia nesta manhã, tropas russas utilizam táticas terroristas em civis ucranianos. Moscou nega o uso de armas químicas.

As bombas de fósforo branco são armas incendiárias. Isso significa que junto com seu poder explosivo destrutivo, eles podem espalhar fogo. Neste caso, o fogo é feito de fósforo queimado. Bombas de fósforo branco podem espalhar esse fogo por uma área de várias centenas de metros quadrados. E o fósforo continua a queimar até acabar. Tudo o que requer é a presença de oxigênio, que está no ar.

Fonte: G1 e Pixabay


Entre em contato conosco!
Iremos tirar todas as suas dúvidas.